De novo. De novo. De novo.

É exatamente assim que aquela cena está na minha mente desde aquele momento. Me pergunto de onde consegui tanta coragem para me arriscar daquele jeito, sem ter certeza se daria ou não certo o que eu pretendia fazer. Mas deu. E por mais que tenha sido por poucos segundos, consigo lembrar de cada movimento feito exatamente como se tivesse em um câmera extremamente lenta.

A sensação não sei exatamente qual foi, na verdade foi uma mistura de todas que existem, ou talvez tenha até descoberto alguma nova. Só sei que da mesma maneira que a cena está na minha mente, quero que aconteça de novo, de novo e de novo.

xxx