Distância é um substantivo exclusivo do dicionário: para amores verdadeiros ela não existe. Afinal, nossos maiores sonhos estão a milhas e milhas, não é mesmo?

Mas a verdade é que não precisamos morar longe de alguém para nos sentir distantes ou perto o suficiente para tê-lo ao nosso lado. São os acasos e circunstâncias de rotinas que levamos que determinam a quilometragem dos nossos pensamentos.

O que a estrada separa são dois corpos cheios de endorfina, que faz com que os corações batam mais rápido a cada passo dado mais adiante.

Fundarei então uma agência de viagens para cada uma que risca o calendário antes de dormir, contando as horas para o retorno de quem se ama ou daquela história que ficou tão longe. Dividiremos nossos anseios, prepotências e a mania de bisbilhotar o celular de quatro em quatro minutos em busca de novas mensagens.

E caso a saudade aperte, perceba que a confiança e a vontade são alimentadas todos os dias por aqueles que sustentam, com borboletas no estômago, o mais lícito e surpreendente sentimento.

Encurte o caminho do castelo e viva o seu conto de fadas pregando surpresas no tédio, morrendo de amores em beijos urgentes, esquecendo do tempo em cada abraço e transformando todo minuto em uma fotografia, para que tudo, jamais, seja efêmero.

Alguma sócia?

 

http://www.depoisdosquinze.com

xxx