Talvez essa tenha sido uma das decisões mais importantes da minha vida. E talvez eu tenha escolhido mal.

Talvez, só talvez, eu queira mais um tempo para pensar e estar certa do que eu quero. Só desta vez não quero fazer escolhas por impulso. Não mais. E foi exatamente isso que eu fiz, de novo.

Mas eu fico pensando o tempo inteiro: “Por que não é essa a melhor escolha? Afinal, não é de quem gosta de nós que devemos gostar? Por que eu não estou feliz com isso como eu deveria?”

Só preciso de respostas para todos esses pontos de interrogações na minha cabeça. Quem sabe quando eles sairem da minha frente eu consiga enxergar o que eu realmente quero pra mim.

xxx