Você deveria estar aqui comigo agora, e mesmo sabendo que eu não deveria mais estar pensando em você, há algo dentro de mim que me faz te amar sempre, e isso já está ficando clichê mas não consigo escrever sobre amor sem pensar em você, sem te colocar em cada frase do meu texto, você já está incluído em cada coisa dentro de mim. Cada pensamento, menor que seja ele, está ligado a você.

Sou uma idiota por ainda ter esperanças de te encontrar por ai. Vou a lugares que acho provável que você esteja, e lá fico olhando para todos os lados em busca de algum sinal de que você esta por perto.

Me pego imaginando como seria nosso reencontro depois de tanto tempo. Depois de tantas pessoas entrando e saindo das nossas vidas durante esses três anos. Como você esta agora? Será que você também se pergunta como EU devo estar? Será que você também tem esperanças de me reencontrar um dia? Será que você ainda lembra de tudo que passamos naquele verão?

Éramos duas crianças que tinham acabado de descobrir o significado da palavra amor. Pelo menos eu estava. E era tudo tão confuso, tudo que era “errado” parecia tão certo a fazer. Era o que eu queria fazer, era o “errado” que eu deveria ter feito. Pelo menos não estaria sofrendo tanto agora.

A Cinderela perdeu o sapatinho, mas o príncipe não veio atrás dela para entregar.

Me sinto realmente tão idiota falando disso de novo. As pessoas que já sabem de tudo que aconteceu, ou melhor, tudo que não aconteceu, quando lêem esses textos que escrevo me perguntam “você ainda está nessa?”. Na verdade, acho que nunca saí dessa. Só não sabia disso. Não vou mentir e falar que te amo cada vez mais, isso não acontece. Pra falar a verdade, eu te amo menos que antes. Bem menos, ainda bem. Mas isso não quer dizer que esse amor não exista mais. Esse amor vai existir sempre. Não sei se por você também, mas por mim, pode ter certeza que você sempre estará nos meus pensamentos. Ou até mesmo, sempre estará no meu coração.

 

xxx

Anúncios