Já me escondi demais, por muito tempo. E descobri que isso não funciona, nenhum problema foi solucionado assim, eles só ficaram escondidos juntos comigo.

Já pensei em mudar, mudar tudo. Cada coisa ao meu redor, e até mesmo mudar quem eu sou. Mudar de lugar, sair aí pelo mundo conhecendo pessoas novas, lugares novos, sentimentos novos, procurando por algo que me faça voltar a ter aquela vontade de sorrir e pular por aí de tanta felicidade. Mas então veio o balde de água fria, descobri que não adianta, pode mudar tudo, tudo mesmo, mas os pensamentos e os sentimentos mais fortes vão continuar dentro de mim.

Então achei melhor enfrentar tudo isso. Mas o que é exatamente tudo isso? Que monstro é esse que faz eu me sentir assim? Enfrentar alguma coisa que eu não sei o que é, parece mais assustador do que posso imaginar. É como entrar em um quarto escuro de olhos fechados sabendo que tem algo te esperando lá dentro, e o que quer que seja, foi essa “coisa” que me fez sofrer por tanto tempo.

Mas essa história de enfrentar até que está funcionando. Mesmo escorregando algumas vezes, devemos continuar levantando e continuando a caminhar. É o que dizem por aí, o importante é não se deixar abater. Afinal, se nós pudéssemos voltar no tempo, nunca iríamos para frente. E talvez seja esse o sentido da vida, o segredo de tudo talvez seja só que o futuro é incerto, viver com esse gostinho de quero mais mas não sei como vai ser, e se vai ser. Não estou falando de morrer nem nada disso. É só que as coisas mudam, o que te fazia rir ontem, hoje pode não ter mais tanta graça, e quem sabe o que te faz chorar hoje, amanhã não pareça tão assustador. E é isso. Vivendo e aprendendo (Inclusive aprendendo comigo mesma, se eu não sentasse aqui para escrever esse texto agora, não estaria me sentindo mais aliviada. Eu definitivamente deveria seguir meus próprios conselhos, por mais difícil que isso pareça ser). Caindo e levantando. Acabando e recomeçando.

Um novo Sol nascerá amanhã, novo porque não vai ser mais no exato lugar que ele nasceu hoje. Não vai ser na mesma hora que ele vai aparecer, e não será tão quente, ou será, quem sabe?

Não sei se esse texto fez sentido, afinal, é nisso que dá muita coisa junta em uma cabeça só. Mas eu realmente espero que alguém entenda tudo isso. E me diga coisas que faça eu ter mais certezas e menos inseguranças. Acho que é isso que eu mais preciso no momento, segurança para viver sem medo.

xxx