“Um minuto serve para você sorrir. Sorrir para o outro, para si ou para a vida. Um minuto serve para você ver o caminho, olhar a flor, sentir o cheiro da grama molhada, notar a transparência da água. Num minuto, você pode olhar para cima e perceber milhares de estrelas, mesmo sem poder contá-las. Em um minuto, você avalia a imensidão do infinito, mesmo sem poder entendê-lo. Basta um minuto para você sentir a força do vento ou sentir a suavidade da brisa. Em um minuto apenas, você ouve os sons dos passos que chegam ou dos passos que não voltam mais. E num minuto, você conta as incansáveis ondas que debatem nos rochedos e continuam. Um minuto serve para você ouvir o silêncio … ou começar uma canção … É num minuto que você dará o sim que mudará sua toda sua vida. E, basta um minuto para você evocar uma lembrança ou reviver uma saudade… Em apenas um minuto, você pode abrir uma janela e sentir a sua mão molhada! de chuva ou quente de sol. Em um minuto você sente as lágrimas lhe subindo os olhos… Num minuto você pode sentir o peso da responsabilidade, a tristeza da derrota, a amargura da incerteza, o gelo da solidão, a ansiedade da espera, a marca da decepção. Num minuto você pode sentir muitas emoções, o amor, alegria, o afeto, a sensação de ser útil, e de estar de bem com a vida…”

xxx

Anúncios